domingo, 10 de maio de 2009

Bibliografia

Afinal há bibligrafia recomendada e critérios de correcção para o novo modelo do Exame de Ingresso ao Internato Médico... Ora vejamos...

Comichão na Comissão

Num belo dia de primavera, o João e o Eurico brincavam aos chefes enquanto o Dani jogava na PSP. Parecendo alheio ao que se passava entre os outros dois, ia escrevendo cheats para passar facilmente cada um dos níveis. Quando terminou o último nível do jogo, o João e o Eurico começaram a brigar e acusarem-se de serem "meninos feios".
A briga foi interrompida pelo toque e voltaram para a sala de aula.
Durante a aulinha dessa tarde trocaram olhares ferozes sempre em silêncio para a professora não desconfiar. Entre boatos infantis e mexericos fomentados pelas coleguinhas sentadas ao fundo da sala, a aula continuou...
Quando a aula acabou, o João protestou e disse que o Eurico tirava catotas do nariz. Por fim, o Eurico ripostou dizendo que o João também tirava e depois as comia. E acabaram por brincar aos chefes cada no seu lado. No meio da agitação que cercava a briga, o Dani divertia-se tirando fotos...

sábado, 1 de novembro de 2008

sábado, 27 de setembro de 2008

Como escrever uma carta...

__________________________________________________________________________

Querido Prof. Doutor ________________ (nome do regente ou coordenador da cadeira),


Em primeiro lugar, devo felicitá-lo pelo óptimo trabalho que desenvolve na cadeira de _______________ (nome da cadeira) do Mestrado Integrado de Medicina. É somente devido a si que a cadeira adquiriu tal importância no curso. É graças ao seu trabalho exemplar que consigo ser um(a) aluno(a) empenhado(a) e, de certo, serei recompensado(a) por isso.

Em segundo lugar, vou relatar um assunto que me preocupa. Os alunos da rotação / turma / assistente ________________ (escolher a opção correcta ou colocar o nome dos alunos) foram injustamente beneficiados. ________________ (motivo mesquinho*) Por isso, querendo salvaguardar o bom-nome da sua cadeira e a imparcialidade que deve reger a Faculdade, proponho _______________ (punição estúpida e impraticável**).

Estou certo(a) que tal seria no melhor interesse de todos.

Atentamente,
Anónimo(a) (ou substituir pelo nome do colega a lesar)

* Exemplos de motivos mesquinhos: falsificação das folhas de presenças, benefícios dados pelos assistentes mesmo que sejam de algumas décimas, aquisição indevida os slides das aulas, posse do exame prévia à data da sua realização nem que sejam de algumas perguntas, exame mais fácil em determinada época ou rotação, etc.

** Exemplos de punições estúpidas e impraticáveis: reapreciação das notas, advertência, reprovação à cadeira, processo disciplinar académico, etc.
__________________________________________________________________________

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Sexografia!

Que aconteceria se juntássemos sexologia e imagiologia?





Coincidências Virtuais

Depois de sucessivos adiamentos, aquela maravilha da tecnologia moderna, chamada Secretaria Virtual, funcionou... uma pausa solene... funcionou.

Não deu erro? Estranho.

Façamos um raciocínio sobre "Secretaria Virtual". Antes nós tínhamos a Secretaria dita física ou presencial. Agora evoluimos e temos a congénere virtual. É como aqueles refrigerantes de qualidade duvidosa. O mesmo produto... o mesmo sabor... mas o rótulo mudou!

Continuando o raciocínio... A Secretaria Virtual alia as tradicionais inoperância, incompetência e incapacidade com a inovadora virtualidade electrónica. Ou seja, agora a culpa é do sistema informático e não podemos extravazar a raiva contra nenhum ser humano. Ah! Os programadores informáticos são deuses que vêm do mundo tecnológico encaminhar os comuns mortais estudantes de medicina até ao Nirvana Virtual.

Ah! Sempre que enviamos um mail ao suporte informático, recebemos a sempre tranquilizadora mensagem de solução do problema e ainda... um bónus: spam de sites pornográficos. Não queremos ser púdicos. Nada é mais cómico do que ouvir rugidos da incomparável fêmea portuguesa durante o acasalamento.

Contudo, esperemos que as bases de dados dos alunos estejam em segurança. [Um de nós é filho de astrólogos!]

Há coincidências verdadeiramente estranhas :p

Sim! Estamos de volta!

Que saudades nós tínhamos das optativas em Setembro!
Antes de mais, saúdo os colegas que estão a cumprir as “obrigativas”. Um abraço! Há gente com azar. Contudo… melhor vocês que nós. Eh! Eh!

I love the smell of fresh newbie in the morning…

É engraçado ver os novos caloiros (sobretudo as caloiras). Muitos deles, e maioritariamente delas, acompanham-se da famelga toda. A mãe quase inevitavelmente. Por vezes o pai. Mas em certos casos temos outras figuras. A tia gorda que olha para o segurança como quem descobre um bitoque. E a prima de 5 anos que tira catotas do nariz para espetar nos placards da Associação. E porque não o cão, o gato, o piriquito e um saco de pulgas amestradas?

Compreende-se… Defendem a prole, a ilustre prole que consegue penetrar na elite médica, dos camafeus que andam a praxar meninas indefesas. “Indefesas” pensam eles. Eh! Eh!

- Ah… Já sabes o Rouviére? E o Gray!? #*$!%%. Muito bem. Eu sabia o livro de Biologia do Acesso ao Ensino Superior e com sorte. Toma lá um osso.
- E tu? Ah… Já começaste a ler o Harrison. Como és muito inteligente mereces um prémio: vais já fazer as optativas do segundo semestre do 4º ano… por mim.
- Eles vêm mais preparados do que nós imaginávamos. Temos de desprogramar estas máquinas de cromice. Arraial!

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

Pela felicidade do Poochy!

O Poochy fica triste quando saltas uma anotada...



Vamos todos fazer do Poochy um cachorrinho feliz =)


Recordando...

A noite é longa,
A bebedeira é breve,
A anotada é duvidosa,
A memória é fugaz,
e o Exame sempre difícil...

Declaramos a Época de Exames Aberta!

sexta-feira, 26 de outubro de 2007

Prateleiras

As nossas colegas têm maravilhosas prateleiras... onde colocam o Rouviere, o Robbins e o Harrison. Ao encherem as suas prateleiras conseguem tudo no mundo académico.

Muitos alunos da FM Hell ficam na prateleira da enfermaria ou seguram na parede do serviço, enquanto sonham com as prateleiras transbordantes de sabedoria das amigas.

O aluno da FM Hell, como qualquer produto de prateleira de hipermercado, tem o seu código de barras!

[Desculpem o nosso discurso simples... é que pensar em prateleiras a saltitar dentro das batas lentifica o nosso pensamento.]

sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Eu ainda sou do tempo em que... (4)


"o Erasmus nos brindava com rastafari-men neo-nazis, pagliacci com boinas à Lenine e membros da equipa "feminina" de halterofilismo da ex-União Soviética..."

[Confidências:
― Ah... é verdade! WE WELCOME YOU ALL... Uma salva de palmas aos colegas de Erasmus!
* Clap! Clap! Clap! *
― Nós queríamos sósias da Heidi Klum...bah, talvez para o ano!]

A Dança das Cadeiras


A música acabou... parem de dançar!
Sentem-se depressa ou perdem o lugar!

Certamente, todos recordam-se das brincadeiras infantis. Entre elas havia a dança das cadeiras. (Não... não é nenhuma renovação na direcção da FM Hell... mas bem que podia ser!) Sempre nos disseram que os jogos da infância serviam para nos prepararmos para a vida adulta. Parece que tinham razão. Regressados à FM Hell, deparamo-nos com o mesmo jogo.

O prof. chegou... comecem a andar!
Cheguem depressa ou guardem o lugar!

Portanto, estão avisados: cheguem atrasados aos "concertos" de Neurologia...

Voltámos...

Reacendem-se as chamas na FM Hell. O caldeirão onde depositamos os nossos cérebros começa a borbular... A intenção é simples: fazer evaporar o "pouco" álcool que absorvemos nas férias. Daqui a uma semana ou duas estamos sóbrios, novamente. Daqui a um ou dois meses os profs também! Daqui a um ou dois anos é a vez dos serviços académicos e NGC...

quarta-feira, 27 de junho de 2007

IC volta à FM Hell

Senhoras e senhores, meninos e meninas!

Os demónios da FM Hell têm o dever, o privilégio e, acima de tudo, o prazer de vos apresentar o International Circus! Assombrem-se com as maravilhas que trazemos. Bombardeiem as vossas retinas com vislumbramentos luminosos num misto de assombro e perplexidão. Encham os vossos córtexes com sinapses fogosas e recordações sobre matéria inútil. O maior espectáculo do mundo voltou neste final de ano lectivo à FM Hell!

Transbordando de diversão, o IC brindar-vos-á com mirabolantes truques de ilusionismo. Pontos e décimas… desculpem-nos! Coelhos serão tirados das cartolas mágicas e distribuídos pelos elementos do público que se encontram perto da arena. Verão também a competência e a transparência desaparece num estalar dos dedos! E com eles meia dúzia de documentos!

O IC oferece muitas outras atracções. Entre elas, os inesquecíveis animais fofinhos e as bestiais feras. Deixem-se espantar pelo inimitável Carlo, um fiel cão de companhia. Observem a inteligência e perícia deste animal enquanto obedece ao seu dono, juntamente com os restantes cãezinhos amestrados.

Arrepiem-se com a exposição das aberrações: a Mulher com o Coração de Ferro e o Homem Patilhudo! Eles dispensam demais palavras…

E haverá muita e muita palhaçada para alegria da pequenada.

Obrigado a todos!

terça-feira, 26 de junho de 2007

Regresso a Portugal

É Vero... Verissimo!

É no idioma do nosso mui prezado professore Valituttifrutti que trazemos informações do mundo exterior. Incrédulos, não é?! Embora alguns se esqueçam nestas alturas de maratona mental, existe um mundo fora dos desmesurados portões da FM Hell.

Numa passagem relâmpago pelo Salão Erótico, ela arrebitou as anatomias e descascou as fisiologias. No seio da comunidade docente da FM Hell, muitos exploraram-na ao pormenor, muitas imitaram-na até ao detalhe (e muitos ainda sonham em conseguir estudar fenómeno semelhante). Mudam-se os tempos, mantem-se a "vontade". Esta mulher oferece-se para satisfazer os desejos libidinosos dos regentes das nações caso isso impessa guerras e institua a paz mundial. Mas jamais usaria tais dotes no favorecimento pessoal ou na ascensão através da hierarquia profissional.

Fazendo política com o seu corpo, aqui a tendes: Cicciolina!
http://www.cicciolinaonline.com/

Ciao

domingo, 24 de junho de 2007

Eu ainda sou do tempo em que... (3)

"Os resultados dos exames eram como ketchup Heinz... Demoravam tempo a sair... E quando saíam eram uma fossada!"

domingo, 17 de junho de 2007

Momento de descontracção

Nada melhor para entreter e educar os mais jovens do que um filme animado. Pois é exactamente isso que sugerimos. "A Teia de Carlota" é uma película cheia de ternura e bom humor, especialmente dedicada à pequenada (caloiros e 2º ano). É um clássico do cinema que foi editado recentemente em DVD. Nos 90 minutos que decorre o musical, Carlota, uma engraçada aranha, dá-nos lições sobre a amizade, a confiança e o amor. Acompanhada pelo rato Templeton e pelo porco Martin... perdão! Wilbur, formam um triângulo inseparável que vive as mais zoófilas aventuras!

quarta-feira, 13 de junho de 2007

RX às Sensações

Na nossa opinião, a disciplina de Imagiologia prendeu-se a muitos tecnicismos e ignorou o indivíduo com ser sentimental. Para colmatar essa falha, trazemos algumas imagens repletas de emoção... seguindo a natural ordem das coisas...


(radiografia)


(ressonância magnética)


(ecografia)

segunda-feira, 11 de junho de 2007

Novos Regulamentos

Como é típico da FM Hell, as regras do jogo mudaram!
Ponderámos imenso e pensamos que a mudança é para melhor.

Porque o castigo infernal (licenciatura de Medicina) demora a eternidade, reformulámos o concurso Sete Maravilhas da FM Hell e decidimos transformá-lo em:

As Maravilhas da FM Hell

Estender-se-á muito para lá do dia 07 de Julho de 2007. Pensamos terminá-lo por volta de 2077 ou de 7777, altura em que teremos a licenciatura terminada (se Microbiologia permitir, claro). Até lá, serão descritas a infinitas obras deslumbrantes da FM Hell enquanto o castigo decorre. Não fazemos brincadeiras com o 70x7 porque isso custa o Inferno!

Assunto não nos faltará:
- segredos obscuros das regentes (alguns)
- desvaneios e taras dos assistentes (dúzias)
- projectos mal sucedidos nos institutos (centenas)
- erros arquitectónicos do EEM (milhares)
- pornografia nos computadores da Informática (gigabytes)
...

Os Semáforos do HSM

Caros atentos seguidores do blog FM Hell, estamos cá de novo, em plena época de exames, para vos brindar com a apresentação de uma nova maravilha da estimada faculdade de Medicina.

Estas magnificentes obras foram adquiridas muito recentemente pela faculdade. Mas nós só reparamos agora porque não somos uns assíduos frequentadores. Shame on us… Ups! Já começamos a parecer-nos com os distintos professores Coutinho, Valitutti (esclareça-se “vale tudo” em francês-spaguetti) e Park-House M.D. e a sua Imunologia/Imunology/Imunologie… belos tempos… e belas transmissões…

Quer pelo colorido que trouxeram a uma fachada com meio século de Historia quer pelo significado de lei e de ordem que representam, mereceram o lugar que ocupam na nossa contagem das Sete Maravilhas da FM Hell.

Não falamos dos coloridos fãs da Floribella, nem dos ordeiros e respeitadores acampamentos ciganos, nem tão pouco dos cães (Canis vulgaris), gatos (Felis catus) e respectivas carraças (Ixodes) que abundam os jardins do HSM.

Referimo-nos aos Semáforos.

São construções esquias e estéticas, respeitando os padrões arquitectónicos modernos e não afectando o equilíbrio do ecossistema das Pseudomonas, Acinetobacter e Staphylococcus que habitam o HSM. Tão pouco perturbam o meio ambiente pois são alimentados por energia solar. Não produzem, portanto, poluição atmosférica nem contribuem para o aquecimento global.

(Este momento foi dedicado às belíssimas alunas ambientalistas… Esperemos que um dia vocês sigam o exemplo das meninas da PETA… quer na muita ideologia quer no pouco vestuário!) [“Ai, se tu me amasses tanto quanto amas a natureza.” suspirou um dos demónios. Isto da solidão em tempo de exames é tramado. Já estamos a tratar do infeliz com uma dose de 500g de desgravada ou equivalente dose de álcool!]

Porém, na nossa imparcial e iluminada óptica os novos sinais de trânsito luminoso são apenas poluição visual! O incessante ciclo verde, amarelo, encarnado que executam diariamente não é suficiente para evitar as manobras em contra-mão, os eminentes choques entre taxis e ambulâncias e os quase-atropelamentos de pacientes por médicos ensonados após 48 horas de serviço.

Até é compreensível. Depois de um longo turno de urgência a respeitar a Triagem de Manchester, até eu acelerava quando desse vermelho (emergência).

(Agora dedicamos um tempo às alunas que vêem uma clara distinção entre as tonalidades vermelho e encarnado: arranjem um namorado!) [“Ai, se tu vestisses aquela lingerie vermelha e me fizesses carinhos a noite toda!” suspirou novamente. Já tratamos dele com 500g de Robbins ou equivalente dose de absinto!]


Os semáforos servem apenas um único propósito! Repararam no “timing”? Antecedeu justamente a renúncia ao cargo de director/retirada de candidatura/sabemos lá o que mais. E todos nós sabemos como haverá mais tempo livre para conduzir aquelas máquinas que deliciam os estudantes amantes do automobilismo e que os fazem sonhar com a especialidade de Cirurgia Vascular. Assim, os semáforos controlados remotamente, impedirão o bloqueio das vias rodoviárias internas do hospital, permitindo uma condução segura e despreocupada dos Audis e Porches nas horas de lazer permitidas pelo abandono do cargo.

["Vou entrar em Cirurgia Vascular! Vou comprar um descapotável topo de gama! Só para te levar a passear pelas estradas do amor!" folgou o demónio. Meus caros, ele está apaixonado. Os nossos poderes curativos são insuficiente para conter o desejo e a paixão.]

Now, do you believe in the power of the Vascular Surgery?

[confidências:
— Oh, atrasado mental! Não puseste o nome dos bichos em itálico! Ah! E tens de seguir a nomenclatura binominal lineana!
— Sabes que mais?! ******* para a Microbiologia! Limiano era o queijo!]

domingo, 3 de junho de 2007

Já dizia o sábio...

A noite é longa,
A bebedeira é breve,
A desgravada é duvidosa,
A memória é fugaz,
e o Exame sempre difícil...

Declaramos a Época de Exames Aberta!

(esperemos que os profs guardem o chumbo para a época de caça)

quarta-feira, 9 de maio de 2007

Eu ainda sou do tempo em que... (2)

"Os melhores alunos de Farmacologia estavam proibidos de entrar nos casinos."

segunda-feira, 7 de maio de 2007

A Estátua do Dr. Egas Moniz

Apresentamos uma nova Maravilha da FM Hell...

Pela Angiografia Cerebral, pela Leucotomia Pré-Frontal e pela mão do escultor, foi tornado pedra imortal. Esta pedra falhou como sinónimo de rocha porque é pedra angular da Medicina de Portugal.

Esta estátua ultrapassa o Colosso de Rodes porque representa um homem que fez Obra. O Colosso é uma obra feita pelo Homem, efémera e pretensiosa como o seu autor.

Quando emergia da rocha bruta pelo braço vigoroso e preciso do artista, desconhecia o seu destino. Não compreendia aquilo que lhe esperava no século vindouro. As ambulâncias gritam-lhe ao ouvido esquerdo mas não o acordam: é rocha. Esses veículos acelerados carregam o sofrimento físico correspondido com a amargura e a dor dos próximos.

Porém, dias alegres também a circundam. Quieta, assiste às caloiras que entram na faculdade, algumas ainda abrigadas nas asas das mães. Passa o tempo e elas saem das portas sob o manto dos doutores. Elas aconchegam a cabeça na cintura deles enquanto se dirigem ao… Falo… Desculpem-nos, a ortografia tem disto! Fá-lo, o seu deambular estático e sereno, no desassossego dum homem de há dois séculos. Pensa: “Os hábitos mudaram mas algo restou: a paixão do estudante.”

Outras paixões, mais floridas e povoadas, também conheceu. A multidão acreditava na aparição pós-ressurreição da Floribella num misto de alucinação colectiva e idolatria terrena e, em simultâneo, ignorava o pedaço de rocha e o seu significado. O nobre povo, a nação valente e imortal, tornou-se pobre e indiferente e, de forma igual, jamais levantará o esplendor de Portugal.

António Egas de Moniz, Doutor do Passado, ensina-nos, Doutores do Futuro, a bradar à Terra inteira: Portugal não pereceu!

Solta o Egas de Moniz que há em ti =)

Neurónios de Rato

Entre feitos Olímpicos e maratonas Académicas (exames), trazemos um brinde para a vossa mente. Não falamos do novo suplemento para o neurónio. Não falamos de estimulantes. Desculpem-nos. Alguns deles até são! Se querem estudar os neurotransmissores, os comportamentos nas Olimpíadas ou perceber melhor a vossa cabecinha molecular sigam o link! Basta arrastar o rato para o cadeirão. Infelizmente, o rato não é sacrificado por decapitação.

http://learn.genetics.utah.edu/units/addiction/drugs/mouse.cfm

Desafio por uma FM Hell melhor!

Diz-se muito sobre o "ranking" das faculdades. Fala-se que a nossa querida FM Hell não consegue abandonar o último círculo do Inferno Dantesco. De facto, anda infestada de muitos Judas e alguns Brutus. Polémicas e papelinhos de presença à parte, queremos deixar um desafio: vamos elevar a nossa FM Hell. Vamos, pelo menos, trazê-la até aos bons velhos tempos do Segundo Círculo. Nessa altura, as luxúrias carnais regiam e as paixões comensais abundavam. Mas não exageremos como os nossos martirizados colegas de Zurique. Afinal, parece que a Bioquímica aderiu à Globalização.



Eu ainda sou do tempo em que...

"O único requisito para chumbar em Bioquímica era estar inscrito na faculdade."

As Escadas do EEM

A vasta equipa do FM Hell tem o digno dever de apresentar uma nova Maravilha. Falamos das Escadas do EEM. À semelhança dos Elevadores do HSM, esta grandiosa construção representa o apogeu da Arquitectura Contemporânea.

Numa análise mais atenta, comprovamos que esta magnífica obra apresenta toques artísticos bem marcados. Os projectistas desta obra (já devidamente despedidos sem remuneração) foram capazes de incutir elementos do Cubismo Analítico. Foi este facto que nos permitiu incluir as Escadas do EEM nas Sete Maravilhas da FM Hell.

Para quem tentou descer tais escadas olhando para os degraus entra num reino sobrenatural. É um misto entre: Porque é que este degrau é mais curto que o anterior? Porque é que os degraus uma vez olham para a esquerda e noutras para a direita? Porque é que eu estou a sentir o chão a fugir-me dos pés? Porque é que eu caí? Não sinto as pernas! Aquilo é sangue? É quase a sensação que se tem quando se observa a Guernica de Picasso. É lógico perceber porque é que ninguém ousa pisar pela segunda vez a divina concepção. Enganam-se os incrédulos mal dizentes: “É para não cair!!!” Na verdade, o verdadeiro apreciador não repete a façanha simplesmente para não danificar a Arte!

Um famoso adepto das Escadas do EEM é o regente de Anatomia, figura de enorme estatuto e sabedoria. Ele também sentiu a referida sensação quando se desequilibrou ao subir as escadas. Porém, a nossa equipa tem alguma relutância em assumir o fenómeno do desequilíbrio como um efeito das escadas. Existem algumas variáveis ainda não devidamente esclarecidas: 1 - lesões do aparelho vestíbulo-cerebeloso do sujeito [hem! Passamos Neuro!] ; 2 - consumo de substâncias psicodislépticas pelo sujeito [hem! Passamos Fármaco!]; 3 - necessidade súbita de sentir graxistas a apoiá-lo; 4 - número de raparigas giras num raio de 25 metros; 5 - qualquer coisa que pareça feminino num raio de 50 metros. Sugere-se a realização de novos estudos nestes campos.

Mais uma vez a nossa equipa tentou desvendar a identidade dos responsáveis. Assim, chegou a uma conclusão surpreendente: os projectistas não têm identidade! São na verdade dois clones humanos de Picasso produzidos nos laboratórios do Instituto de Medicina Molecular após uma bebedeira e uma aposta mal pensada. Estes são, portanto, os dois únicos projectos de sucesso realizados por este instituto (não nos referimos aos clones).

O objectivo do IMM é simples. Ao desequilibrarem quem circula nas escadas, aumentam as hipóteses de ocorrer uma queda. Em consequência, é mais provável ocorrer uma fractura exposta e daí recolher sangue. O que o IMM faz com o sangue que recolhe será desenvolvido mais adiante… Estejam atentos!

Visita as Escadas do EEM… Cai e contribui para a Ciência!

Os Elevadores do HSM

É um óptimo exemplo da evolução da Engenharia de Ascenção. Nem os elevadores do Farol de Alexandria (280 a.C.) permitiam tal inoperância.

Porém, todos desconhecem um facto: os Elevadores do HSM são um teste de personalidade. O tempo de espera que antecede a chegada do elevador visa separar os "dignos" (seres pacíficos, calmos e muito pacientes) dos "não-dignos".

Os dignos de entrarem no elevador são premiados com apertões, respirações engripadas, tuberculosas e pneumónicas, pisadelas e o crec! crec! do cabo de suporte... Ou seja, os únicos beneficiados são os caloiros crominhos que pela primeira vez conseguem estar encostados às colegas giras, respirar ofegantemente para cima delas (mas não em cima delas) e sentir algum prazer efémero na sua reles vida. Os não-dignos, mais impulsivos, cultivam o físico enquanto desafiam a gravidade subindo 7 andares com as pernas, chegam antecipadamente a tudo e sentam-se nos melhores lugares. Lembrem-se “a paciência é uma virtude sobretudo num futuro médico”.

E, claro, como qualquer teste torna-se cada vez mais difícil. Assim, a cada ano o tempo de espera aumenta. Todos já notámos isso. Um estudo feito ao comportamento dos elevadores permitiu concluir que o tempo de espera cresce exponencialmente em função dos anos passados. Logo, estima-se que daqui a 10 anos o tempo de espera seja aproximadamente infinito. Contudo, sabendo que este estudo foi elaborado pelo Laboratório de Biomatemática não é de fiar.

A mente por detrás deste teste de personalidade permanece desconhecida. Apesar das especulações, a ligação aos altos cargos do Instituto de Biopatologia Química não foi confirmada.

Aceita o desafio! Espera pelo elevador!

As Sete Maravilhas da FM Hell

É sem qualquer sombra de plágio que apresentamos:

As Sete Maravilhas da FM Hell

Até o dia 7 de Julho de 2007, iremos expor as sete maravilhas da FM Hell. A lista que apresentaremos até lá foi o fruto de vários anos de dedicação dos nossos investigadores e cobaias =) Sem eles nada disto seria possível.

Genesis

Nós, aqueles que estão prestes a chumbar, saudamo-vos!

Ei-lo: FM Hell!

Forjado nas entranhadas fumegantes do mais incandescente e explosivo vulcão infernal, foi daí arrancado por cem correntes de metal quente e mil braços humanos. O seu pulso de Corrigan deve-se ao fervilhante magma que corre nas suas artérias. Apenas os seus ossos de aço aquecido e a sua mente imundade de sinapses diabólicas são capazes de suportas a sua colossal anatomia. E o imenso calor que emana provém dos seus músculos ardentes rebentando com intrincadas reacções bioquímicas demoníacas.

Qualquer semelhança com a pronúncia de FML é mera coincidência.

Divirtam-se!